top of page

MOULAGE DE MANGAS & BALENCIAGA



Estava na dúvida sobre qual título colocar aqui neste post, mas a emoção é tanta que pensei em juntar os dois motivos que fizeram com que eu viesse até Barcelona, na Espanha para mais um curso de moulage, e os motivadores sem dúvidas são Balenciaga e o estudo de mangas na moulage.


Não é surpresa pra ninguém que minha grande inspiração no mundo da moda é Balenciaga, inclusive já escrevi sobre ele aqui no blog. Embora Vionnet seja considerada o maior nome na moulage, Balenciaga é considerado o pai da construção de uma roupa, e mais especificamente das mangas, pois dizia-se que ele era obcecado com essa parte do molde.


Sabendo disso, há algum tempo venho acompanhando o trabalho do professor espanhol Javier Martín Galán, que ensina a técnica tal qual era usada por Balenciaga e além de professor, ele também é colaborador do museu Balenciaga.


QUEM É JAVIER MARTÍN GALÁN


Vou compartilhar com vocês a biografia de Javier que está disponível no website dele, porém em espanhol.


Javier Martín formou-se na Universidade Politécnica de Madrid como designer de moda em 1991, aprendeu as técnicas de moulage, modelagem e acabamentos com Felisa Irigoyen, que era chefe do atelier de Balenciaga e trabalhou com ele até o fechamento do atelier.


Formado, passou a integrar a equipe de Sybilla por dez anos, até 2005, quando decidiu criar sua própria grife, a Nihil Obstat, focada em alta costura. Combina a sua atividade de designer com colaborações com outros criadores como Carmen March, Jesús del Pozo ou Joaquín Trias, a quem aconselha tecnicamente. Em 2012 ingressou no escritório DelPozo, assumindo a modelagem e desenvolvimento dos volumes de parte da coleção e desenvolvendo prêt-à-porter de luxo com projeção internacional.


Paralelamente à sua experiência profissional, desde 2001 dedica parte do seu tempo ao ensino em diversas instituições. Entre eles podemos destacar o Istituto Europeo di Design de Madrid, o CSDMM da Universidade Politécnica de Madrid, o Barreira Art + Design Center de Valência e a Universidade de Navarra.


Como podemos observar em sua biografia, Javier aprendeu as técnicas diretamente com a principal modelista da Maison e quando vi pela primeira vez as fotos de telas de Javier, sabia imediatamente que ele seguia a Moulage tal qual ensinada nos ateliers de Alta Costura franceses, mesmo que seu trabalho seja feito na Espanha.


Acontece que percebo através do trabalho de outros professores e profissionais espanhóis, que existe o cuidado de fazer a técnica como no método francês, o que não acontece em outros países.


Por esse motivo e também por acompanhar há 3 anos o trabalho de Javier, vinha me organizando para fazer esse curso, pode-se dizer que estava na minha lista de desejos e que felizmente coincidiu com minha ida a Paris, ou seja, a realização de mais um sonho, pois venho ao longo dos anos me especializando na técnica através dos melhores profissionais que existem no mundo!


Estou desde o dia 03 de fevereiro aqui em Barcelona, o curso acontece hoje e amanhã em uma escola de Modelagem e Costura local.


Ah, quando falei sobre o assunto no Instagram perguntaram se eu estava indo para a Eometric. Não é lá, será em outra instituição, mas já havia tentado anteriormente pela Eometric também, mas deu problema de datas.


Durante minha estadia por aqui aproveito para visitar museus, lojas e livrarias, até porque a última vez que estive em 2007, tinha visitado o Museu Picasso e também o Museu Têxtil, que esta completamente remodelado.


Logo venho aqui para compartilhar com vocês como foi o curso e você poderá acompanhar tudo pelo Instagram, combinado? Te espero lá no @francyssaleh

ความคิดเห็น


    bottom of page