5 DICAS PARA SER UM EXCELENTE MODELISTA



Se tem uma área dentro da moda que apresenta uma ótima possibilidade de crescimento, um ótimo salário e estabilidade é o profissional de modelagem.


Lembro que quando entrei no curso de Moda essa já era a realidade do mercado e até hoje continua sendo, já que por mais que existam criadores e designers de moda excelentes, precisamos dos "engenheiros" para que a roupa de fato exista. E claro, esses engenheiros são os modelistas e costureiros.


Mas como em qualquer profissão, por mais que tenha espaço no mercado apenas os bons profissionais se destacam, e como trilhar esse caminho rumo ao sucesso, sendo que as vexes para quem está começando é didicil até mesmo um estágio?


Calma, na área da modelagem existe uma vantagem, você precisa de horas de voo, como mencionou uma vez a minha professora de modelagem na faculdade Ligia Osório, em uma entrevista para o meu canal, quando fizeram justamente essa pergunta.


Faz todo o sentido, um bom modelista precisa exercitar e saber resolver vários problemas relacionados a construção da roupa e para isso não precisa muito, basta exercitar a técnica, construindo e desconstruindo.


Bom, mas vou citar aqui 5 dicas que acho fundamental para você se destacar, vamos lá?


1- Aprender mais de um tipo de técnica:


Não fique refém de apenas uma metodologia de modelagem, seja modelagem plana, modelagem tridimensional ou modelagem digital. Explore o máximo que puder. Eu por exemplo, não consigo me acertar com a modelagem plana, mas estudei vários métodos, entendo um pouco sobre eles. Na moulage, a mesma coisa, sou especialista em moulage francesa, mas isso não me impede de exercitar a moulage praticada em outros lugares, estou sempre pesquisando e procurando aprender métodos novos dentro do estudo da moulage.


2- Costurar peças piloto:


Gosto da moulage francesa por podermos pular esta etapa, ou seja, durante a construção do molde já visualizamos o resultado final, porém se você trabalha apenas com a modelagem plana, o interessante é sempre costurar todos os protótipos para visualizar como ficou o molde e entender o comportamento do molde, tecido e acabamentos aplicados ao modelo.


3- Estudar com manequim meia escala


Durante o processo de estudo da modelagem você usará muito papel e tecido e para otimizar o seu processo, o ideal é que você exercite em miniaturas. Isso vai agilizar na hora de construir o molde, facilitará na hora de armazenar os estudos e te ajudará a economizar tecido, papel e tempo!


4- Criar uma biblioteca pessoal de amostras


Além do hábito de exercitar diversas vezes é importante que você documente este processo e armazene esses exercícios e vá criando a sua biblioteca pessoal! Faça o desenho técnico do molde, faça anotações, acostume-se a registrar todo o processo, já que esse hábito te ajudará a economizar tempo quando tiver que replicar algum modelo, que você já tenha desenvolvido anteriormente.


5- Desafiar-se


Essa última dica serve para qualquer área da vida, não apenas a modelagem! Mas saia da sua zona de conforto, busque modelos que te desafiem, que tenham um elevado grau de dificuldade, que te façam tirar o sono até resolver o problema. Uma vez eu fiquei semanas tentando resolver um molde que tinha visto em um vídeo do Shingo Sato. Lembro de como aquela experiencia foi desafiadora. Quando nos desafiamos aprendemos mais, descobrimos o porque das coisas, e isso é fundamental para um profissional de sucesso na área da modelagem!


O que achou das dicas? Quais delas você já aplica? Ah, e se ainda não aplica nenhuma, aproveite e coloque já em prática, tenho certeza que será um divisor de águas na sua carreira!